Petrobras. Relacionamento com Investidores

Administração

Conselho de Administração

É composto por, no mínimo, sete e, no máximo, onze membros, eleitos em Assembleia Geral Ordinária para um mandato de até dois anos, admitidas no máximo três reeleições consecutivas. De todos os membros do Conselho de Administração, o presidente do Conselho, o CEO e o representante dos empregados são não independentes. Todos os outros são membros independentes não executivos.Em 2019, a assiduidade média nas reuniões do Conselho de Administração foi de 96,9%.

Eduardo Bacellar Leal Ferreira

Presidente do Conselho de Administração

Eduardo Leal Ferreira é atualmente Presidente do Conselho de Administração da Petrobras. É Almirante de Esquadra da Reserva e foi Comandante da Marinha do Brasil até janeiro de 2019, tendo, portanto, chegado ao topo de sua carreira. Além da Escola Naval, Eduardo Leal Ferreira fez cursos de pós-graduação na Escola de Guerra Naval do Brasil e na Academia de Guerra Naval do Chile. Entre os cargos que exerceu cabe citar o de Capitão dos Portos do Rio de Janeiro e Diretor de Portos e Costas, quando teve a oportunidade de aprofundar ligações com as atividades offshore ligadas à indústria do Petróleo. Foi também Comandante da Escola Naval, da Escola Superior de Guerra e Comandante-em-Chefe da Esquadra Brasileira. No exterior, serviu no Chile e foi instrutor da Academia Naval de Annapolis (Escola Naval da Marinha Americana).

Roberto da Cunha Castello Branco

Eleito pelo Acionista Controlador | Conselheiro

Roberto da Cunha Castello Branco é membro do Conselho de Administração da Petrobras e Presidente desde Janeiro de 2019. Como experiência profissional, foi Diretor do Centro de Estudos em Crescimento e Desenvolvimento Econômico, FGV, 2014-2018, Professor afiliado da EPGE FGV, Vice Presidente do Conselho de Administração e membro do Comitê de Auditoria, Invepar S.A., maio 2017-dezembro 2018, Membro dos Conselhos de Administração da GRU Airport, maio 2018 – dezembro 2018 e do Conselho de Administração, presidente do Comitê Financeiro e membro do Comitê de Auditoria da Petrobras S.A., maio 2015 – abril 2016, Diretor da Vale S.A., julho 1999 – janeiro 2014, Membro do Conselho Diretor da ABRASCA, 2009 – 2013, Diretor da AMCHAM, Rio de Janeiro, 2012 – 2013, Membro do Conselho Curador da FGV, 2012 – 2013, Vice-Presidente da Câmara de Comércio Brasil Canadá, 2012 -2014, Membro do Conselho de Administração do IBEF, Rio de Janeiro, 2017, Presidente do Instituto Brasileiro de Relações com Investidores, 2002 -2003, Associate – Banco Pactual, 1997- 1999, Diretor Executivo do Banco InterAtlântico S.A., 1994 – 1997, Diretor do Banco Arbi S.A., 1990 -1994, Diretor Executivo do Banco Boavista de Investimentos S.A., 1985 – 1990, Diretor Executivo do Banco Boavista S.A., 1987 – 1990, Diretor do Banco Central do Brasil, março 1985 – setembro 1985, Professor Titular da EPGE FGV, 1979 – 1985 e Presidente Executivo do IBMEC, 1981 -1983. Autor do livro “Crescimento acelerado e o mercado de trabalho: a experiência brasileira”, Editora da FGV e de artigos em revistas acadêmicas: Revista Brasileira de Economia (FGV), Economia Aplicada (USP), Pesquisa e Planejamento Econômico e Brazilian Economic Studies (IPEA). Palestrante em conferências realizadas no Brasil e no exterior (EUA, Reino Unido, Canadá, Hong Kong, Shanghai, Cingapura e Sidney), inclusive conferências na FGV, Fundação FHC, Harvard Business School, Chicago Booth School of Business e Kellog Business School, Northwestern University, Professor de Economia da Mineração no programa de treinamento da Vale S.A. para gerentes e analistas (2014 -2018) e Professor de Economia de Recursos Minerais do MBA da FGV para a ECEME-Escola de Comando e Estado Maior do Exército, 2016 -2018. O Sr. Castello Branco é Doutor em Economia pela Escola de Pós-Graduação em Economia (EPGE) da Fundação Getulio Vargas (FGV), 1973 – 1977 e Post Doctoral Fellow in Economics pela The University of Chicago, 1977 – 1978. Possui os treinamentos executivos Change Management na Sloan School of Management, MIT, 2004, e Leadership – International Institute for Management Development (IMD), 2007.

João Cox Neto

Eleito pelo Acionista Controlador | Conselheiro

João Cox é economista com especialização em economia petroquímica pela Universidade de Oxford, Reino Unido. Possui sólida carreira como executivo, tendo sido Presidente da Telemig Celular e Presidente da Claro, entre outras posições de destaque. Cox possui vasta experiência como membro do Conselho de Administração de diversas companhias, como Embraer, Linx, Qualicorp, Braskem, onde é Vice-Presidente do Conselho de Administração e Vivara, onde é Presidente do Conselho de Administração.

Rosangela Buzanelli Torres

Eleita pelos Empregados | Conselheira

A Sra. Rosangela Buzanelli Torres, foi eleita em primeiro turno na eleição realizada pelos empregados da Petrobras em 2020. É graduada em Geociências e Engenharia pela Universidade Federal de Ouro Preto, e Mestrado em Geociências, pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Ingressou na Petrobras em 1987 no cargo de Geofísica. Atualmente está lotada na área de Operação Exploratória Marítima Águas Profundas. Conselheira não independente segundo os critérios contidos no artigo 36, §1º do Decreto nº 8.945/2016 e no Regulamento de Listagem do Nível 2 de Governança Corporativa.

Omar Carneiro da Cunha Sobrinho

Eleito pelo Acionista Controlador | Conselheiro

O Sr.  Omar  possui  extensiva  experiência  executiva e relacionamentos no Brasil e Exterior no meio empresarial, governo e entidades setoriais. Omar foi CEO da Shell Brasil, Shell Quimica, Billiton Metais, AT&T Brasil, e Varig. Atualmente é Membro do  Conselho  de  Administração  do  Grupo  Energisa  S/A,  Brookfield  Properties  Partners  LP, Libraport Campinas S/A, e sócio sênior da Dealmaker Consultoria e Participações. Foi também membro do Conselho de Administração e Diretoria de empresas e entidades como, Sindicom, Cultura  Inglesa  S/A,  Amcham  Brasil-RJ,  Associação  Comercial  do  Rio  de  Janeiro,  Valesul Aluminio S/A, Mineração Rio do Norte S/A, Brasoil Ltda, Huisman Ltda, Grupo Libra, Comitê de Cooperação Empresarial – FGV, entre outros. Omar é formado em Economia pela Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas do Rio de Janeiro e possui Pós-Graduação em Administração Financeira pela FGV. Conselheiro independente segundo os critérios contidos no artigo 36, §1º do Decreto nº 8.945/2016 e no Regulamento de Listagem do Nível 2 de Governança Corporativa.

Marcelo Mesquita de Siqueira Filho

Eleito pelos Acionistas Minoritários Detentores de Ações Ordinárias | Conselheiro

Marcelo Mesquita de Siqueira Filho tem 50 anos e 28 anos de experiência no mercado acionário brasileiro. É sócio fundador da Leblon Equities, gestora de recursos focada em ações brasileiras criada em 2008 e cogestor dos fundos de ações e private equity. Antes disso, trabalhou por 10 anos no UBS Pactual (98-08) e 7 anos no Banco Garantia (91-98). No UBS Pactual foi corresponsável pela área de Mercado de Capitais (07-08), corresponsável pela área de ações (05-07), responsável pela área de Análise de Empresas e Estrategista (98-06). No Banco Garantia, foi analista de empresas de commodities (91-97) e Investment Banker (97-98). Desde 1995 Marcelo foi considerado por investidores como um dos principais analistas do Brasil segundo várias pesquisas feitas pela revista Institutional Investor. Foi ranqueado “#1 Brazil Analyst” em 2003-2006 (além de #3 em 2002, #2 em 2001 e #3 em 2000). Marcelo foi também eleito “#1 Estrategista de ações no Brasil” pela “Institutional Investor Magazine Brazil Survey” em 2005, 2004 e 2003. Marcelo é graduado em Economia pela PUC-RJ, em Estudos Franceses pela Universidade de Nancy II e OPM pela Harvard Business School. Marcelo é atualmente membro do Conselho de Administração da Petrobras (desde 2016, eleito por minoritários), da Tamboro Educacional e do Fundo Patrimonial (Endwment) da PUC-RJ.

Nivio Ziviani

Eleito pelo Acionista Controlador | Conselheiro

Nivio Ziviani é Engenheiro Mecânico pela Universidade Federal de Minas Gerais (1971), Mestre em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1976) e Ph.D. em Ciência da Computação pela Universidade de Waterloo, Canadá (1982). É um especialista em tecnologia da informação, sendo destacado acadêmico e empreendedor. Professor Emérito do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais desde 2005 e membro da Academia Brasileira de Ciências desde 2007. O Sr. Nivio Ziviani recebeu, ao longo de sua carreira, vários prêmios e honrarias, entre elas a Ordem Nacional do Mérito Científico, nas classes Comendador (2007) e Grã-Cruz (2018). O Professor Nivio Ziviani é autor do livro Projeto de Algoritmos e coautor de mais de 180 artigos científicos nas áreas de algoritmos, recuperação de informação, inteligência artificial e áreas relacionadas. Como empreendedor, fundou várias empresas a partir de conhecimento gerado dentro da Universidade, como Kunumi (2016), Neemu (2010), Akwan (2000) e Miner (1998).

Ruy Flaks Schneider

Eleito pelo Acionista Controlador | Conselheiro

Ruy Schneider é engenheiro industrial mecânico e de produção formado pela PUC-RIO, além de Master of Sciences em Engineering Economy pela Stanford University. Oficial da reserva da Marinha, cursou a Escola Superior de Guerra. Fundou na PUC-RIO o Departamento de Engenharia Industrial, tornando-se seu primeiro diretor e estabelecendo o primeiro programa de mestrado em Engenharia Industrial no Brasil. Com diversos artigos publicados, atua como palestrante, no Brasil e no exterior. Acumulou vasta experiência, tanto como executivo, quanto como membro de Conselhos de Administração e Fiscal de grandes empresas, entre elas a Xerox do Brasil S.A., Banco Brascan de Investimento S.A., Banco de Montreal S.A.-MontrealBank, Grupo Multiplan e INB Indústrias Nucleares do Brasil. O Sr. Ruy Schneider atuou como membro do Conselho consultivo do mercado de capitais do Banco Central, participando do assessoramento na elaboração do programa de conversão de dívida externa. É presidente do Conselho de Administração da Liga da Reserva Naval do Brasil. Criador do primeiro fundo de pensão multipatrocinado e introdutor no Brasil dos fundos de Contribuição Definida.

Rodrigo de Mesquita Pereira

Eleito pelos Acionistas Detentores de Ações Preferenciais | Conselheiro

Rodrigo de Mesquita Pereira, brasileiro, advogado, Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (1988); Pós-graduado em “Interesses Difusos e Coletivos” pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Pós-graduado em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo (1991-2001); Membro do Grupo Especial de Recursos Hídricos do Ministério Público do Estado de São Paulo (1997/2001); Advogado sócio do escritório Alves Ferreira & Mesquita Sociedade de Advogados. Conselheiro Fiscal na Companhia Energética de Minas Gerais – CEMIG – de 2016 a 2020; Membro suplente do Conselho Fiscal da Petrobras de 2018 a 2019. Conselheiro independente segundo os critérios previstos no Artigo 18, §5º do Estatuto Social da Companhia.

Leonardo Pietro Antonelli

Eleito pelos Acionistas Minoritários | Conselheiro

Leonardo Pietro Antonelli, brasileiro, advogado, Sócio fundador do escritório Antonelli e Advogados Associados, graduado pela Universidade Candido Mendes (UCAM-RJ), Pós-graduado em Direito Tributário pela Universidade Estácio de Sá (UNESA-RJ) e Mestre em Direito Econômico pela Universidade Candido Mendes (UCAM-RJ). Professor universitário e Conferencista, integrou diversas bancas em concursos públicos, entre as quais a da magistratura de carreira, delegado da polícia federal e civil. Aprovado pelo concurso do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro como Administrador Judicial, atua ainda como Conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RJ), onde Preside a Comissão de Defesa do Jurisdicionado, e desde 2009 Preside o Conselho de Fundos de Investimentos da G5/Evercore. Foi agraciado com o Prêmio Innovare pelo Projeto a Justiça fala para quem quer ouvir. Autor de várias obras entre as quais “Curso de Direito Tributário Brasileiro” – Volume III, publicado em 1ª, 2ª e 3ª edições pela editora Quartier Latin, e “Curso de Direito Tributário Brasileiro” – Volume III, 4ª tiragem, publicado pela editora Almedina, Correção Legislativa da Jurisprudência: Uma análise das emendas constitucionais em matéria tributária, publicado pela Justiça e Cidadania. Dirigiu a Escola da Magistratura Eleitoral durante os biênios em que integrou o Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro, na classe jurista, exercendo o cargo de desembargador federal, por indicação da Presidência da República. Conselheiro independente segundo os critérios previstos no Artigo 18, §5º do Estatuto Social da Companhia.

Paulo Cesar de Souza e Silva

Eleito pelo Acionista Controlador | Conselheiro

O Sr. Paulo Cesar é formado em Ciências Econômicas pela Universidade Mackenzie (1979) e MBA pela Universidade de Lausanne – Suíça (1982). Tem mais de 40 anos de experiência profissional no setor financeiro, doméstico e internacional, e no setor de aviação. Possui extensa experiência internacional, tanto pessoal como profissional, com intensa atuação nos cinco continentes. Nos últimos anos foi CEO da Embraer S.A. onde atuou por mais de 20 anos. O Sr. Paulo Cesar foi agraciado com a Ordem Nacional Barão de Mauá pelo Presidente da República do Brasil (Dez 2018), eleito pela revista Forbes Melhores CEOs do Brasil (Jul 2018), eleito Empreendedor do Ano na Indústria pela Revista Isto É (Dez 2019), eleito Personalidade da Tecnologia da Inovação pelo Sindicato dos Engenheiros (Dez 2016) e agraciado com a Ordem do Mérito Aeronáutico pelo Ministro da Defesa (Out 2016). O Sr. Paulo Cesar é membro independente dos Conselhos de Administração da Transpetro e do Grupo Águia Branca. Conselheiro não independente segundo os critérios contidos no artigo 36, §1º do Decreto nº 8.945/2016 e no Regulamento de Listagem do Nível 2 de Governança Corporativa.

Regimento Interno do Conselho de Administração

Ata CA em atendimento ao parágrafo 2º do artigo 23 da Lei nº 13.303/16 - 2019

Ata CA em atendimento ao parágrafo 2º do artigo 23 da Lei nº 13.303/16 - 2020

Conselho Fiscal

É composto por cinco membros, com mandato de um ano, permitida reeleição, sendo um indicado pelos acionistas minoritários, um indicado pelos acionistas titulares de ações preferenciais e três indicados pela União, sendo um indicado pelo Ministro da Economia, como representante do Tesouro Nacional.

Agnes Maria de Aragão da Costa

Eleita pelo Acionista Controlador | Conselheira Titular

A Srª Agnes Maria de Aragão da Costa é Chefe da Assessoria Especial em Assuntos Regulatórios, tendo como especialidade as Economias de Energia e de Mineração. Atua há 14 anos no MME, na formulação de recomendações de políticas públicas e no monitoramento dos resultados dessas políticas. Possui bacharelado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e é mestre em Energia pela Universidade de São Paulo (USP). Servidora da carreira de Especialista de Políticas Públicas e Gestão Governamental. Conselheira Fiscal da Eletrobras, desde setembro de 2015 até maio de 2019. É membro suplente do Conselho Fiscal da Petrobras, desde 2015. Foi membro do Conselho de administração da CEAL e da CEPISA.

Fabricio Santos Debortoli

Eleito pelos Acionistas Preferencialistas | Conselheiro Suplente

Fabrício Santos Debortoli, Contador CRC/SC 25.570/O-0 e tem Pós-Graduação em Gestão Tributária pela Univali. É Vice-Presidente de Finanças da GASPART Participações S.A.,  Membro do Conselho Fiscal da USIMINAS (2019/2020 e 2020/2021), e Membro do Conselho de Administração da CELESC S.A. (2019/2020 e 2020/2021). Atuou como Financial Controller da Videolar Innova S.A. (2012 a 2017), foi Conselheiro de Administração da Companhia de Águas de Santa Catarina – CASAN S.A. (03/2020 a 06/2020), foi também Conselheiro Fiscal e de Administração da CELESC S.A. (2016 a 2018) e Membro do Conselheiro Fiscal da ETERNIT de (2018 a 2019).

Daniel Alves Ferreira

Eleito pelos Acionistas Preferencialistas | Conselheiro Titular

O Sr. Daniel Alves Ferreira, foi advogado sócio do Mesquita Pereira Almeida Esteves Advogados, tendo atuado nas áreas de Contencioso de Massa e Mercado de Capitais. Atualmente exerce a função de Conselheiro Fiscal da Petrobras S/A desde abril de 2018 e de Conselho de Administração da Eletrobrás S/A desde abril de 2019, da Madeira Energia S/A desde outubro de 2018, da Santo Antônio Energia S/A desde outubro de 2018. Foi membro do Conselho de Administração (2016 – 2018) e do Comitê de Governança Corporativa (2018) da Companhia Energética de Minas Gerais.

Sérgio Henrique Lopes de Sousa

Eleito pelo Acionista Controlador | Conselheiro Titular

Sérgio Henrique Lopes de Sousa, graduado em Ciências Navais pela Escola Naval, com especialização em Gestão Internacional e MBA em Gestão Empresarial pelo Instituto COPPEAD/UFRJ. Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Master of Science in “National Resource Strategy” pela National Defense University (NDU) de Washington, DC e Doutor em Ciências Navais pela Escola de Guerra Naval. Capitão de Mar e Guerra do Corpo de Intendentes da Marinha, além de ter exercido funções de Direção e Vice Direção de unidades administrativas, desempenhou, durante cerca de 37 anos no Serviço Ativo da Marinha, diversas atividades afetas ao planejamento e execução orçamentários e financeiros, logística e controle interno. É Chefe de Assessoria Especial de Controle Interno do Ministério de Minas e Energia, Conselheiro Fiscal da Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural S.A. – Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA).

Alan Sampaio Santos

Eleito pelo Acionista Controlador | Conselheiro Suplente

Alan Sampaio Santos, graduado em Direito, em Análise de Sistemas pela PUC/RJ, Oficiais de Artilharia pela Academia das Agulhas Negras e em Educação Física pela Escola de Educação Física do Exército. Mestrado em Defesa, Segurança, Defesa Integral e Integração, Instituto de Altos Estudos e Defesa Nacional – IAEDEN, Caracas/Venezuela,Mestrado em Ciências Militares – Escola de Comando e Estado-Maior do Exército e Mestrado em Treinamento Desportivo pela Universidade Gama Filho. Assessor Especial do Ministro de Minas e Energia (2018/2019). Foi Oficial do Gabinete do Comandante do Exército (2004/2005 e 2013/2015). Foi Chefe da Seção de Relações Públicas do Centro de Comunicação Social do Exército (2011). Foi Oficial de Comunicação Social do Batalhão Brasileiro no Haiti (2009). Foi Comandante do 11º Grupo de Artilharia de Campanha (2007/2008). Foi Conselheiro Militar das Nações Unidas, no Timor Leste (2006).

Gildenora Batista Dantas Milhomem

Eleita pelo Acionista Controlador | Conselheira Suplente

A Srª Gildenora Batista Dantas Milhomem é Auditora Federal de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional (posse e exercício em 08.02.1994). Bacharel em Ciências Contábeis, concluído em 1988; Pós-graduada em Administração Pública- CIPAD, nível de especialização – EBAPE/Fundação Getúlio Vargas, concluído em 2007. Subsecretária de Contabilidade Pública – SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL, de 03 /06/2015 até a presente data. Membro do Grupo Assessor de Normas Brasileiras de Contabilidade Técnicas do Setor Público (GA NBC TSP), do Conselho Federal de Contabilidade, como representante da Secretaria do Tesouro Nacional, de 2015 até a presente data; Presidente do Conselho de Administração da Fundação Assefaz (2016 a 2019); Membro do Conselho Fiscal da Petrobras Transporte S.A – TRANSPETRO (2017 até a presente data) como representante da Secretaria do Tesouro Nacional. Atuou como Membro do Conselho Fiscal da Empresa Gestora de Ativos- EMGEA, como representante da Secretaria do Tesouro Nacional (20 15 a 20 17); e Membro do Conselho Fiscal da Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural S.A- PréSal Petróleo S.A- PPSA, como representante da Secretaria do Tesouro Nacional (20 15 a 20 18).

Jairez Elói de Sousa Paulista

Eleito pelo Acionista Controlador | Conselheiro Suplente

O Sr. Jairez Elói de Sousa Paulista é Administrador de Empresas; Analista de Sistemas; Especialista em Desenvolvimento de Recursos Humanos e Mestre em Gestão Pública e de Empresas, pela Fundação Getúlio Vargas – FGV. Possui formação em Desenvolvimento de Executivos pelo IDORT/SP; além de vários cursos de formação em diversas áreas da Administração Geral a exemplo de organização, sistemas e métodos, modernização administrativa, planejamento estratégico, administração financeira e orçamentária, logística, gestão de pessoas, gestão de projetos, gestão da ética, ouvidoria geral, controles administrativos e conflito de interesses, e gestão da qualidade, entre outros. É atualmente Coordenador-Geral de Planejamento Estratégico, Supervisão e Avaliação da Gestão do Ministério de Minas e Energia. Conta com mais de 30 anos de serviços em gestão pública – só no MME 2 são mais de 26 anos –, tendo exercido ao longo desse tempo vários cargos de assessoramento e gerência de níveis intermediários e superiores de coordenação, supervisão e direção em todos os segmentos de atividades acima mencionados, tais como: Coordenador de áreas de Gestão; Coordenador-Geral de Recursos Humanos; Subsecretário de Assuntos Administrativos; Subsecretário de Planejamento, Orçamento e Administração; Assessor de Ministro de Estado; bem como de Conselheiro Fiscal – titular e suplente – de Empresas Estatais.

José Franco Medeiros de Morais

Eleito pelo Acionista Controlador | Conselheiro Titular

O Sr. José Franco Medeiros de Morais é economista, com graduação e doutorado pela Universidade de Brasília. Desde 2001 é servidor da Secretaria do Tesouro Nacional, onde atualmente exerce a função de Subsecretário da Dívida Pública. Foi Consultor em Gestão da Dívida Pública, Mercado de Capitais e Riscos Fiscais do Banco Mundial e do FMI entre os anos de 2008 e 2015. Foi professor de Economia e Finanças em cursos de MBA no IBMEC-DF, FGVDF e ESAF-DF. José Franco foi membro de conselhos fiscais das seguintes companhias: Engepron (2006 a 2008), BB BI (2012 a 2014), BB Administradora de Cartões (2008 a 2012), BB DTVM (2014 a 2017), TERRACAP (2016 a 2017) e BNDESPar (2017 e 2018).

Marcelo Gasparino da Silva

Eleito pelos Acionistas Minoritários Ordinaristas | Conselheiro Titular

Presidente de Conselho de Administração e membro de conselhos de Administração e Fiscal, coordenador e membro de comitês de finanças, auditoria, riscos, jurídico, compliance e partes relacionadas em companhias abertas.  Advogado Especialista em Administração Tributária Empresarial pela ESAG e MBA em Controladoria, Auditoria e Finanças (cursando). É Presidente do Conselho de Administração da ETERNIT (2017-2019), Conselheiro de Administração da CEMIG (2016-2019 e 2019-2021), da KEPLER WEBER (2017-2019) e da CASAN (2019-2021) e membro do Conselho Fiscal da PETROBRAS (2019-2021). Foi Presidente do Conselho de Administração da Usiminas (2015-2016) e membro dos conselhos de Administração da Bradespar (2015-2016), Battistella (2016-2017), Celesc (2011-2014 e 2018-2019), Eletrobras (2012-2014 e 2016), Tecnisa (2012-2014) e Vale (2016-2017), além da própria Usiminas (2012-2016). Foi Conselheiro Fiscal da Bradespar (2014-2015), Braskem (2018-2019), AES Eletropaulo (2012-2013), AES Tietê (2013-2014), e da Eletrobras (2014-2015). Foi Presidente do Comitê de Partes Relacionadas e membro do Comitê de Auditoria da Eletropaulo (2017-2018), e membro do Comitê de Finanças, Auditoria e Riscos da CEMIG (2017-2018). Foi Coordenador do Comitê Jurídico e Compliance da ETERNIT (2015-2017), do Comitê de Auditoria da Eletrobras (2013-2014 e 2016) e do Comitê Jurídico e de Auditoria da Celesc (2012-2014). Iniciou sua carreira executiva como Diretor Jurídico-Institucional da CELESC (2007-2009). Participa do Programa CEO FGV 2016 (IBE/FGV/IDE). Cursou do Programa Executivo sobre Fusões e Aquisições pela London Business School e de cursos específicos nas áreas financeira e estratégica no IOD – Institute of Directors, em Londres. É co-fundador e Coordenador do Capítulo Santa Catarina, Conselheiro de Administração Certificado e compõe o Banco de Conselheiros do IBGC. É membro da Comissão Técnica da AMEC e das comissões Jurídica e de Sociedades de Economia Mista do IBGC. É professor da disciplina Conselho de Administração do Curso de Governança Corporativa da Fundação Escola de Governo ENA Brasil. Com sólida formação em Governança Corporativa e experiência em conselhos de administração e fiscal contribuiu para o IBGC e para a AMEC na construção do Código Brasileiro de Governança Corporativa – “CBGC” e a partir do seu lançamento o inseriu como instrumento de trabalho em todas as companhias que está atuando, o modelo “APLIQUE OU EXPLIQUE”, sistema que reconhece a prática da governança corporativa é uma jornada e não deve se traduzir em um modelo rígido de regramento aplicável igualmente à todas as companhias.  Em março de 2018 assistiu ao CII Spring Conference organizado pelo Council of Institutional Investors, Whashington/USA, e palestrou para a The Emerging Markets Investors Alliance sobre o tema  A Governança Corporativa no Brasil: o impulso para a reforma”,  em Nova Iorque/USA.

Paulo Roberto Evangelista de Lima

Eleito pelos Acionistas Minoritários Ordinaristas | Conselheiro Suplente

Paulo Roberto Evangelista de Lima, brasileiro, administrador, M.B.A Formação para Altos Executivos no Banco do Brasil, Fundação Dom Cabral; Pós-Graduação Lato Sensu Administração Financeira, IBMEC; Especialização em Gestão de Negócios, Fundação Dom Cabral; Curso de Governança Corporativa, USP. BANCO DO BRASIL S.A.: Coordenador de Equipe na Superintendência Estadual de Goiás (1991-1994); Superintendente Estadual Adjunto da Superintendência de Goiás (1994-1995); Superintendência Regional em Goiânia, Sorocaba e São Paulo (1995-1999); Gerente Executivo da Diretoria de Controladoria (1999-2000); Gerente Executivo da  Diretoria de Controles Internos (2000-2007); Diretor Interino de Controles Internos (outubro a dezembro/2005); Diretor de Controles Internos ( 05/2007-07/2010); Diretor de Gestão de Riscos (07/2010-01/2012); Membro do Comitê Supervisor do Banco do Brasil no Japão (05/2008-07/2010); Conselheiro de Administração da Banco do Brasil Securities – Nova Iorque e Londres (08/2010-01/2012); Membro do Comitê de Tecnologia do Banco do Brasil (08/2007-01/2012); Coordenador do Comitê de Riscos do Banco do Brasil (07/2010-01/2012); Conselheiro de Administração desde abril/2019; Membro do Comitê de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade – Corem – desde maio/2019; Membro do Comitê de Gestão de Riscos e de Capital desde setembro/2019. BANCO DE BRASILIA S.A.: Presidente do Banco de Brasília S.A. (01/2013-10/2014); Membro do Conselho de Administração do Banco de Brasília S.A. (01/2013-10/2014); Presidente do Conselho de Administração da Cartão BRB S.A. (01/2013-10/2014); Coordenador do Comitê de Tecnologia do Banco do Brasília S.A. (01/2013 -10/2014). Conselheiro Fiscal da Rio Grande Energia em Porto Alegre (05/2000-04/2001); Conselheiro Fiscal da CPFL Distribuição e CPFL Geração (04/2002-04/2004); Conselheiro de Administração da Celesc – Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. (05/2008-04/2012), onde respondeu também pela coordenação do Comitê Jurídico e de Auditoria; Conselheiro Fiscal da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil – PREVI – (07/2002-05/2004); Conselheiro Fiscal da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil  – Cassi –  (02/2010-05/2012); Conselheiro de Administração da Cadan – RJ – (04/2002-04/2003); Conselheiro Fiscal da Distribuidora de Produtos de Petróleo Ipiranga S.A. (04/2004-04/2006); Conselheiro Fiscal da Cecrisa Revestimentos Cerâmicos S.A. (09/2016-07/2019). Conselheiro Fiscal da Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais S.A. – Usiminas – (11/2016-04/2018), tendo sido Presidente do Conselho Fiscal de 10/2017 até 04/2018; Membro da Comissão de Risco Operacional da CIP – Câmara Interbancária de Pagamentos – representando o Banco do Brasil S.A. (01/2004-07/2007). Membro do Comitê de Supervisão do Fundo Garantidor de Crédito – FGC – (09/2007-01/2012); Membro da Comissão de Riscos da Federação Brasileira de Bancos – Febraban – (07/2010-01/2012); Membro Titular da Comissão de Compliance da FEBRABAN – (12/2007-01/2012); Conselheiro Fiscal Certificado pelo Instituto de Governança Corporativa – IBGC (10/2016); Sócio Participante para realização de serviços de consultoria e assessoria na condução de processo de aquisição de parte ou da totalidade do capital de Instituição Financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil em conjunto com JL RODRIGUES, CARLOS ÁTILA & CONSULTORES ASSOCIADOS S/S – (03/2015-12/2017). Conselheiro independente segundo os critérios previstos no Artigo 18, §5º do Estatuto Social da Companhia.

Regimento Interno do Conselho Fiscal

Diretoria Executiva

É composta por um presidente e oito diretores executivos eleitos pelo Conselho de Administração, com mandato de até dois anos, permitidas, no máximo, três reeleições consecutivas, podendo ser destituídos a qualquer tempo. Entre os membros da Diretoria Executiva, apenas o presidente da companhia é membro do Conselho de Administração sem, no entanto, presidir o órgão.

Roberto da Cunha Castello Branco

Presidente

Roberto Castello Branco é graduado em economia, com doutorado na Fundação Getulio Vargas (FGV EPGE) e pós-doutorado na University of Chicago. Participou de programas de treinamento executivo da Sloan School of Management (MIT) e International Institute for Management Development (IMD). É professor afiliado da EPGE (FGV), atuando também como diretor do Centro de Estudos em Crescimento e Desenvolvimento Econômico dessa instituição. Foi diretor na Vale S.A., Banco Central do Brasil, Banco Boavista, Banco Boavista Investimentos e Banco InterAtlântico. Foi membro do Conselho de Administração da Petrobras entre maio de 2015 e abril de 2016, GRU Airport e Invepar, assim como membro do Conselho Diretor da ABRASCA, Diretor da Câmara Americana de Comércio (RJ) e membro do Conselho de Administração do IBEF e do Conselho Curador da FGV. Foi presidente do Instituto Brasileiro de Relações com Investidores, presidente executivo do IBMEC e vice-presidente da Câmara de Comércio BrasilCanadá. Publicou artigos em revistas acadêmicas e jornais de grande circulação e foi palestrante em conferências realizadas no Brasil e no exterior (EUA, Reino Unido, Canadá, Hong Kong, Shangai, Cingapura e Sidney). Autor do livro “Crescimento acelerado e o mercado de trabalho: a experiência Brasileira”.

Andrea Almeida

Diretora Executiva Financeira e de Relacionamento com Investidores

Andrea Almeida é diretora executiva da Área Financeira e de Relacionamento com Investidores. Andrea a é engenheira de produção, com MBA em Finanças pelo IBMEC-RJ e MBA em gestão pela USP, além de cursos de gestão na Wharton School of Finance e na Sloan School of Management – MIT. Atuou na Vale S.A. por 25 anos possuindo ampla experiência nas áreas de Finanças Corporativas, Tesouraria Global e Gerenciamento de Risco. Entre 2015 e 2018 atuou como Chief Financial Officer (CFO) da Vale Canada em Toronto, ocupando mais recentemente o cargo de Gerente Executiva de Tesouraria Global da Vale.

Anelise Quintão Lara

Diretora Executiva de Refino e Gás Natural

Anelise Quintão Lara é diretora executiva da Área de Refino e Gás Natural. Graduada em engenharia química pela Universidade Federal de Minas Gerais, com mestrado em engenharia de petróleo pela Universidade Federal de Ouro Preto e doutorado em Sciences de la Terre pela Université Pierre et Marie Curie, na França. Possui MBA em gestão executiva pelo IBMEC e em gestão empresarial avançada pela COPPEAD. Atua na Petrobras há mais de 30 anos, tendo ocupado diversas funções gerenciais nas áreas de pesquisa, engenharia de reservatórios e desenvolvimento de projetos do pré-sal. Em maio de 2016, assumiu a Gerência Executiva da área de Aquisições e Desinvestimentos, sendo responsável por uma carteira de mais de 40 projetos de parcerias e desinvestimentos, abrangendo as áreas de E&P, refino, petroquímica, distribuição e biocombustíveis no Brasil e no exterior. Em março de 2019 tomou posse como Diretora Executiva de Refino e Gás Natural da Petrobras. Anelise presidiu a Seção Brasil da Society of Petroleum Engineers (SPE) no período de 2005 a 2008 e foi membro do board da SPE International no período de 2014 a 2017.

Carlos Alberto Pereira de Oliveira

Diretor Executivo de Exploração e Produção

Carlos Alberto Pereira de Oliveira é diretor executivo da Área de Exploração e Produção. Graduado em Engenharia Mecânica pelo Instituto Militar de Engenharia e em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem mestrado em Finanças e Análise de Investimentos pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Janeiro. Atua na Petrobras há 38 anos, tendo ocupado diversas funções executivas na área de Exploração e Produção ligadas à alta administração das empresas do Sistema Petrobras.

André Barreto Chiarini

Diretor Executivo de Comercialização e Logística

André Chiarini ocupava o cargo de assessor da Presidência da Petrobras para logística desde novembro de 2019.Foi sócio fundador e Diretor Executivo do Infra Partners Investimentos em Logística, possui mais de 20 anos de carreira em Logística, atuando à frente da operação, do planejamento, do desenvolvimento de negócios e de funções corporativas, em diversos países. Além de ter fundado outras 3 empresas, foi Diretor de Planejamento e Desenvolvimento Logístico da Vale, Diretor Internacional de Serviços Compartilhados (baseado na Suíça, na Vale International), Diretor de Eletrônicos e Bens de Consumo da TNT Logistics e Senior Associate do Operations Competency Center da Booz & Co.
André é engenheiro químico pela UFRJ e mestre em administração de empresas pelo COPPEAD/UFRJ, com intercâmbio no Master of International Management (MIM) da AGSIM/Thunderbird. Participou de programas de treinamento executivo da Sloan School of Management (MIT), IMD, Chicago Booth e University of Michigan Business School.

Marcelo Barbosa de Castro Zenkner

Diretor Executivo de Governança e Conformidade

Marcelo Zenkner é Diretor Executivo de Governança e Conformidade da Petrobras. Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), com especialização em Direito Processual Civil pela Universidade Católica de Petrópolis (UCP), Mestre em Direitos e Garantias Constitucionais Fundamentais pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV) e Doutor em Direito Público, pela Universidade Nova de Lisboa (FDUNL). Atuou como Promotor de Justiça membro do Ministério Público do Estado do Espírito Santo no período de 1997 a janeiro de 2019, onde ocupou várias funções no combate à corrupção e ao crime organizado. Até abril de 2016, ocupou o cargo de Secretário de Estado de Controle e Transparê ncia do Estado do Espírito Santo, o primeiro estado do Brasil a criar uma estrutura administrativa e a aplicar sanções administrativas com base na Lei Anticorrupção Empresarial e premiado pela Controladoria-Geral da União com o primeiro lugar no cumprimento das regras da Lei de Acesso à Informação (2015) e pelo Ministério Público Federal com o primeiro lugar no ranking dos melhores portais de transparência no Brasil (2015). De fevereiro a agosto de 2019, ocupou o cargo de Consultor da Presidência e foi membro do Comitê de Medidas Disciplinares da Petrobras, órgão integrante do Sistema de Integridade da companhia e ligado diretamente ao Conselho de Administração. Marcelo Zenkner é professor associado da Faculdade de Direito de Vitória (FDV), além de executar atividades acadêmicas em outras instituições estrangeiras e locais, incluindo a Universidade Nova de Lisboa (FDUNL) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), dentre outras. Possui diversos livros publicados e recebeu premiações como “Top of Mind 2016”- Public Autho rity pela LEC- Legal, Ethics and Compliance.

Nicolás Simone

Diretor Executivo de Transformação Digital e Inovação

Nicolás Simone é engenheiro de software e sistemas pela Universidade O.R.T – Uruguai, tem ampla experiência internacional e conhecimento de tecnologia de informação, transformação digital, cyber security, IA, omnichannel, CRM, inovação, vendas, logística, reengenharia de processos, projetos de grande porte, centro de serviços compartilhados (CSC) e indústria 4.0. Liderou projetos globais transformacionais, processos de M&A, implementou sistemas de gestão como SAP/ERP, modelos de outsourcing e off shoring, sistemas de venda, entre outros, mantendo sempre o foco em inovação e agregação de valor para o negócio.
Ocupou cargos de liderança em grandes empresas como Itaú-Unibanco, Lojas Renner, ABInBev e Grupo Boticário, possuindo forte expertise de negócio em indústria, bens de consumo, varejo e mercado financeiro. Seu foco é atuar com empatia e visão sistêmica do negócio para atingir resultados e superar expectativas com agregação de valor. Na frente de transformação digital, tem forte conhecimento em transformar e conectar negócios e processos analógicos para digital, de acordo com as caraterísticas de cada organização, implementando diferentes metodologias para definir e liderar esta mudança cultural em parceria com as áreas e unidades de negócio. Com ampla experiência e foco em inovação, transformou áreas de sistemas de um formato tradicional para bimodal, com o objetivo de agregar valor para o negócio, estruturando laboratórios de inovação com áreas de co-working e ativando parcerias com startups para incubar soluções utilizando metodologias como Design Thinking, Agile, Devops e outras, de modo a potencializar a experiência, adaptabilidade e interação com o usuário final e assim poder reduzir os prazos de entrega. Ao longo de sua carreira, publicou diversos artigos, deu palestras e entrevistas sobre a jornada da transformação digital, inovação, criação de ecossistemas e como transformar a TI tradicional em uma TI agregadora de valor. Seu trabalho foi reconhecido através de diversas premiações: CIO Executive Award em Consumers Goods Category; CIO Executive Award em Retail; e, em 2017, publicou um paper que foi case global falando em como transformar o role do CIO e TI em entidades de agregação de valor, fortalecendo a colaboração com o negócio.

Roberto Furian Ardenghy

Diretor Executivo de Relacionamento Institucional

Roberto Ardenghy é bacharel em Direito pela Universidade Federal de Santa Maria e possui pós-graduação em Relações Internacionais e Diplomacia na Academia Diplomática do Instituto Rio Branco e em Economia do Petróleo e Gás pela COPPE, na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Diplomata de carreira, durante sua trajetória profissional ocupou vários cargos no Governo Federal em Brasília, na Casa Civil da Presidência da República e nos Ministérios das Relações Exteriores, Justiça, Desenvolvimento, Indústria e Comércio, na Secretaria da Administração Federal e nas Embaixadas do Brasil em Washington e Buenos Aires. No período compreendido entre 2002 a 2007, trabalhou como Chefe de Gabinete, Presidente da Comissão de Ética e Superintendente de Abastecimento na Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP. De 2007 a 2011, atuou como Gerente de Relações Corporativas da BG E&P do Brasil. Foi membro do Comitê de Exploração e Produção do Instituto Brasileiro de Petróleo e Diretor da Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro – AmCham Rio. Roberto Ardenghy foi professor adjunto de Direito Internacional da Faculdade Cândido Mendes Campus Ipanema e professor dos cursos de pós-graduação executiva em petróleo do Instituto Brasileiro do Petróleo e da COPPE-Universidade Federal do Rio de Janeiro. Retornou ao Governo Federal em 2012 e foi transferido para Houston como Cônsul Geral Adjunto e Chefe do Departamento de Promoção Comercial e Investimentos. Também foi Presidente Honorário da Câmara de Comércio Brasil-Texas (BRATECC) e Cônsul Geral Adjunto no Consulado Geral do Brasil em Nova York, de maio de 2017 a janeiro de 2019. Desde então, passou a ocupar o cargo de Chefe de Gabinete da Presidência da Petrobras.

Rudimar Andreis Lorenzatto

Diretor Executivo de Desenvolvimento da Produção

Rudimar Andreis Lorenzatto é diretor executivo de Desenvolvimento da Produção. Rudimar é graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Maria no Rio Grande do Sul, com MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas e em outras instituições no exterior. Atua na Petrobras há mais de 30 anos, tendo ocupado diversas funções gerenciais nas áreas de construção de poços, operação da produção e sistemas submarinos.

Regimento Interno da Diretoria Executiva

Comitês

Comitês do Conselho de Administração

O Conselho de Administração contará com 6 (seis) Comitês de assessoramento, com atribuições específicas de análise e recomendação sobre determinadas matérias, vinculados diretamente ao Conselho: Comitê de Investimentos; Comitê de Auditoria; Comitê de Auditoria do Conglomerado Petrobras; Comitê de Segurança, Meio Ambiente e Saúde; Comitê de Pessoas; e Comitê de Minoritários. Estes comitês têm por objetivo assessorar o Conselho no cumprimento das suas responsabilidades de orientação e direção superior da Companhia.

Integrantes 

MINICURRICULOS%20MEMBROS%20CONSELHO-Portugues20_02_0%20(1).pdf Currículos dos membros dos Comitês do Conselho de Administração

Regimentos 

Regimento%20Interno%20do%20Comit%C3%AA%20de%20Auditoria%20Estatut%C3%A1rio_aprov%20CA%2029-01-2020.pdf Regimento Interno do Comitê de Auditoria Estatutário

Regimento%20Interno%20do%20CAECO_18dez2019.pdf Regimento Interno do Comitê de Auditoria Estatutário do Conglomerado Petrobras

Regimento%20Interno%20do%20COINV_18dez2019.pdf Regimento Interno de Comitê de Investimentos

Regimento%20Interno%20do%20CSMS_18dez2019.pdf Regimento Interno do Comitê de SMS

Regimento%20Interno%20do%20COMIN_18dez2019.pdf Regimento Interno do Comitê de Minoritários

Regimento%20Interno%20do%20Comit%C3%AA%20de%20Pessoas_aprov%20CA%2029-01-2020.pdf Regimento Interno do Comitê de Pessoas

Relatórios

Relato%CC%81rio%20Anual%202019_CAE_Detalhado_aprovado.pdf Relatório Anual do Comitê de Auditoria Estatutário – Exercício Social de 2019

Relat%C3%B3rio%20Anual%202019_CAECO(RI).pdf Relatório Anual Resumido do Comitê de Auditoria Estatutário do Conglomerado Petrobras – Exercício Social 2019

Regulamento%20Auditoria%20Interna%20aprovado%20em%2025_03_2020.pdf Regulamento da Auditoria Interna

Comitês Técnicos Estatutários

A Diretoria Executiva conta com o assessoramento do Comitê Técnico Estatutário de Investimento e Desinvestimento.

Os membros da Diretoria Executiva contam com 8 (oito) comitês técnicos de assessoramento, compostos por titulares da estrutura geral, com atribuições específicas de análise e recomendação sobre determinadas matérias:

  • Comitê Técnico Estatutário de Relacionamento Institucional;
  • Comitê Técnico Estatutário de Desenvolvimento da Produção;
  • Comitê Técnico Estatutário de Exploração e Produção;
  • Comitê Técnico Estatutário de Refino e Gás Natural;
  • Comitê Técnico Estatutário Financeiro e de Relacionamento com Investidores;
  • Comitê Técnico Estatutário de Assuntos Corporativos;
  • Comitê Técnico Estatutário de Governança e Conformidade; e
  • Comitê Técnico Estatutário de Transformação Digital e Inovação

A composição e as regras de funcionamento dos Comitês Técnicos Estatutários são disciplinadas em regimentos aprovados pelo Conselho de Administração.

Regimento

Regimento-Interno-Comites-Tecnicos-Estatutarios-Fevereiro-2020.pdf Regimento Interno CTE

Comitês Deliberativos e Consultivos

A Diretoria Executiva pode criar comitês, com poderes delegados, vinculados a este órgão ou diretamente a um de seus membros. Os comitês podem ser de natureza deliberativa ou consultiva e têm a finalidade de auxiliar a Diretoria Executiva no cumprimento de suas atribuições e responsabilidades. Esses comitês são compostos por gestores de diferentes áreas da companhia, de forma a garantir uma visão multidisciplinar nas análises e discussões das matérias, bem como no processo de tomada de decisão. A composição e as regras de funcionamento dos comitês serão disciplinadas em regimentos a serem aprovados pela Diretoria Executiva e submetidos ao Conselho de Administração.

Os comitês deliberativos e consultivos podem constituir comissões e grupos de trabalho, com atuação predominantemente tática e operacional, para apoiá-los no desempenho de suas atribuições.


Última atualização em 3 de abril de 2020.
Fechar