Petrobras. Relacionamento com Investidores

Petrobras

Relações com Investidores

Parada preventiva da Plataforma P-25

Rio de Janeiro, 24 de outubro de 2007 – PETRÓLEO BRASILEIRO S/A - PETROBRAS, [Bovespa: PETR3/PETR4, NYSE: PBR/PBRA, Latibex: XPBR/XPBRA, BCBA: APBR/APBRA], uma companhia brasileira de energia com atuação internacional, comunica que a plataforma P-25, instalada no campo de Albacora, na Bacia de Campos, com produção média em torno de 65 mil barris de óleo por dia (bpd), teve sua operação interrompida preventivamente a partir do dia 16 de outubro. A interrupção deveu-se a problemas no riser, duto flexível que desce da plataforma para o solo marinho.  A operação deverá retornar ao normal no dia 29 de outubro. A parada da P-25 reduzirá a produção diária de outubro em cerca de 25 mil bpd.

Os dutos flexíveis substituíram as tubulações rígidas, de difícil e demorada instalação, que eram tradicionalmente utilizadas pela indústria mundial até então. Esse riser é o de maior diâmetro da Bacia de Campos e encontra-se na fronteira tecnológica para esse tipo de equipamento.  A Petrobras utiliza um sistema de monitoramento especial que tem se mostrado eficiente em garantir a segurança operacional do riser. Esse sistema permitiu a identificação de uma alteração na superfície do duto, o que determinou a interrupção na produção da P-25. q

Última atualização em 

Close