Petrobras. Relacionamento com Investidores

Petrobras

Relações com Investidores

FPSO Cidade de Vitória inicia produção

Rio de Janeiro 19 de novembro de 2007 – PETRÓLEO BRASILEIRO S/A - PETROBRAS, [Bovespa: PETR3/PETR4, NYSE: PBR/PBRA, Latibex: XPBR/XPBRA, BCBA: APBR/APBRA], uma companhia brasileira de energia com atuação internacional comunica que entrou em operação o navio - plataforma FPSO Cidade de Vitória, inaugurando o Módulo II de desenvolvimento do campo de Golfinho, no mar do Espírito Santo.

O FPSO Cidade de Vitória vai produzir inicialmente cerca de 20 mil barris por dia de petróleo leve (28° API), de maior valor comercial, com a interligação do poço 7-GLF-16-ESS. Até o final do ano, a previsão é de que mais dois poços produtores sejam interligados e a produção da plataforma atinja 70 mil barris por dia.

A expectativa é que, quando o pico de produção do FPSO for alcançado, o que está previsto para o primeiro semestre de 2008, a produção no Espírito Santo, que hoje é de 120 mil barris por dia, alcance a marca de 200 mil barris por dia.

O navio-plataforma tem capacidade para processar 100 mil barris de óleo, e está ancorada em lâmina d’água de 1.386m, a cerca de 50 km da costa capixaba.

A unidade será conectada a quatro poços produtores de petróleo, dois poços produtores de gás e três poços injetores de água. A produção de petróleo será escoada por meio de navios aliviadores e a de gás será enviada por gasoduto submarino para a Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas, em Linhares-ES.

A entrada em operação do FPSO Cidade de Vitória proporciona o aumento da participação de óleo leve, de maior valor comercial, no portfólio da Companhia e é um importante passo para que a Petrobras alcance as metas de produção previstas em seu Plano Estratégico.

O campo de Golfinho, localizado na Bacia do Espírito Santo, é uma reserva de petróleo leve em águas profundas. A descoberta aconteceu em julho de 2003 e a declaração de comercialidade, em janeiro de 2004. A produção foi iniciada, em fase de testes, em fevereiro de 2006. A operação do Módulo I, com o FPSO Capixaba, iniciou em maio do ano passado.

Última atualização em 

Close