Petrobras. Relacionamento com Investidores

Petrobras

Relações com Investidores

Petrobras arremata áreas da Bacia de Santos e o maior número de blocos na 9ª rodada da ANP

Rio de Janeiro 28 de novembro de 2007 – PETRÓLEO BRASILEIRO S/A - PETROBRAS, [Bovespa: PETR3/PETR4, NYSE: PBR/PBRA, Latibex: XPBR/XPBRA, BCBA: APBR/APBRA], uma companhia brasileira de energia com atuação internacional comunica que foi a empresa que adquiriu, ontem, o maior número de blocos ofertados pela 9ª rodada de licitações promovida pela Agência Nacional de Petróleo (ANP). A Petrobras adquiriu, integralmente ou em parceria, 27 dos 271 blocos leiloados. Arrematou, também, na opinião de seus técnicos, os noves blocos mais promissores localizados em águas rasas da Bacia de Santos.

A companhia foi bem-sucedida na estratégia de completar seu portifólio de exploração em novas fronteiras. Arrematou os quatro blocos em que apostou na bacia Pará-Maranhão, numa área que já havia produzido óleo leve de excelente qualidade. Além disso, adquiriu os três blocos em águas profundas que disputou na Bacia de Pernambuco onde, por dados sísmicos disponíveis, se vislumbra maior possibilidade de geração de petróleo.

O total investido pela Petrobras e parceiros, na 9ª rodada, foi de R$ 309 milhões dos quais R$ 195 milhões foram recursos próprios e R$ 114 milhões de parceiros. Para isso, formou parcerias importantes, como, por exemplo, com a Companhia Vale do Rio Doce, com quem trabalhará em nove dos blocos adquiridos.

A associação com a Vale, uma das maiores empresas do Brasil, foi bem-sucedida ao adquirir blocos tanto em áreas de alto potencial na Bacia de Santos, próximas aos campos de gás de Merluza e Lagosta, quanto em áreas de novas fronteiras das bacias Pará/Maranhão e Parnaíba.

A Petrobras foi a única grande companhia a participar ativamente em várias bacias, na 9ª Rodada, mantendo seu compromisso de continuar investindo fortemente em exploração no Brasil.

Última atualização em 

Close